A Surfmappers atingiu a gigante marca de 100 mil usuários.


A história se iniciou no ano de 2014, em um evento chamado “Startup Weekend”. O CEO da empresa, Victor Fernandes, um surfista apaixonado por fotografia, teve a ideia de encurtar o caminho entre os praticantes do esporte e os profissionais da foto. E junto com a sua equipe idealizou a plataforma Surfmappers durante o evento.

Uma proposta que revolucionou o mercado de venda de fotografia de surf, tornando realidade o sonho de fotógrafos poderem viver da foto de surf. Na outra ponta, milhares de surfistas que jamais haviam conseguido uma imagem sua em ação, encontraram aquele seu registro surfando. São fotos que remetem a memórias incríveis e são motivo de grande orgulho para ambos.

A plataforma em si possibilita uma comodidade tanto para quem vende como para quem compra. Os fotógrafos não precisam mais perder tempo fazendo parte de um longo e ultrapassado processo de atendimento e vendas, podendo ficarem focados apenas em estar na praia clicando enquanto o site toma conta da “burocracia” e resolve o problema através do uso de tecnologia. Já os surfistas, se beneficiam da praticidade em saberem sempre onde encontrar as suas fotos. A variedade nos métodos de pagamento, o atendimento online e outras ferramentas disponíveis garantem a melhor experiência a ambos usuários.

Graças ao esforço contínuo e muita entrega por parte de uma equipe apaixonada pelo que faz, a melhoria do site é notável. Com o passar do tempo a empresa se consolidou como a maior plataforma de compra e venda de fotografia de surf do mundo e atingiu agora a impressionante marca de 100 mil usuários! São mais de 4 mil fotógrafos e 96 mil surfistas.

Mais outros números que enfatizam a proporção da plataforma:

  • Mais de 8 milhões de fotos de surfe. Totalizando mais de 26 TERABYTE de fotos;
  • R$1.500.000 vendido em fotos;
  • Sessões de fotos registradas em 27 países.

Também buscamos trazer funcionalidades inovadoras para facilitar a compra das fotos por parte dos surfistas:

Os fotógrafos, por sua vez, possuem um Painel de Controle com um alto nível de informações para que possam otimizar suas vendas. O processamento dos dados coletados pela plataforma permitem que o fotógrafo seja constantemente atualizado sobre quem são os seus melhores compradores e quais são as praias nas quais ele tem maior potencial de venda, por exemplo.

Além disso, os fotógrafos possuem uma página de perfil só sua, onde podem exibir seu portfólio e contar mais sobre si mesmos em uma mini biografia. Ali também são listadas suas redes sociais além, claro, de terem as suas sessões de fotos organizadas por data, horário e pico de surf, facilitando com que os surfistas encontrem e comprem as suas imagens.

Recentemente foi lançado um novo braço da Surfmappers, a loja de quadros Surf Art. Esse era um sonho antigo, que surgiu também a partir da paixão do CEO pelas imagens alucinantes que os fotógrafos de surf produzem. Essa é uma loja online de impressões, canvas e quadros de lifestyle surf, ou seja, o seu catálogo conta com imagens de pôr do sol, ondas épicas, vida selvagem, lugares paradisíacos, dentre tantas outras.

A Surf Art surge como um novo canal de vendas e a possibilidade de outra forma de renda para os fotógrafos. Eles precisam submeter as suas fotos artísticas a uma curadoria, onde são feitas análises criteriosas para que as fotos sejam disponibilizadas para venda.

Toda a gestão de produção e logística desses produtos fica sob a responsabilidade da Surfmappers, deixando o fotógrafo mais uma vez livre para fazer mais cliques.

Esses são alguns pontos da trajetória da Surfmappers, que certamente ainda tem muita mágica escondida na cartola para apresentar nos próximos anos.

E aí, curtiu essa startup focada no mercado de surf?

Se você é surfista, já sabe: se tem fotógrafo na praia, tem foto na Surfmappers! Confira o site e eternize o seu momento. E, se você é fotógrafo, não perca a oportunidade de faturar com a Surfmappers, a maior plataforma para compra e venda de fotos de surf do mundo.

Previous Surf feminino: vem aí a próxima Brazilian Storm
This is the most recent story.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *