Conheçam o Fotógrafo do Mês: Zero Dois Zoom!


Quando me falaram que eu ia entrevistar o fotógrafo Zero Dois Zoom sabia que seria difícil conseguir contato. O cara sobe session no site quase todos os dias, o que significa também que ele sempre está trabalhando. Se há qualquer coisa pra resolver e a gente liga, o Fernando está deixando as crianças na escola. O “Zero Dois” é sempre assim ocupado.

Ele é ocupado porquê por trás das lentes que capturam qualquer onda (em qualquer ângulo), há um homem de 33 anos chamado Fernando Amorim. Com voz firme de quem sabe o que quer, ele conta como se iniciou na fotografia de surf e deixa a lição que todo mundo já ouviu algum dia, sem nunca botar fé de que realmente só basta correr atrás para ter sucesso.

Formado em design, ele via que se melhorasse na fotografia trabalharia melhor como profissional. Mas ele acredita que a transição para a fotografia só se tornou natural quando foi obrigado, por recomendação médica, a nadar. “Eu não queria ir pra piscina fazer natação, aí eu comprei uma GoPro e comecei a sair pra fazer foto antes do trabalho. Não era nem hobby, era estudo já”. Sua primeira cobaia foi o Andre Paiva, o primeiro bodyboarder que confiou no “Zero Dois Zoom”.

Atualmente Fernando ganhou a simpatia e a admiração da galera e até de alguns dos ídolos, que ele consegue manter por perto! Depois de conhecer o Sebastian Rojas num curso em Saquarema, os dois se mantiveram abertos à troca de idéias e é uma relação que acrescenta muito ao Zero Dois Zoom. Para ele, muito do sucesso vem do networking.

Perguntamos o que ele diria se tivesse de dar uma única dica, aquela que não pode faltar na vida do fotógrafo. Ele disse com humildade que não seria capaz de dar nenhum dos cursos que viu até hoje, mas se arrisca:

“A única dica que eu tenho parece a mais clichê, mas vai com tudo! Eu vou todo dia à praia, se o mar tá grande ou pequeno eu vou todo dia. Não importa”.

Para ele, o incentivo do Fotógrafo do Mês Surfmappers mostra que está no caminho certo. Ele fala que não sabe a razão, mas, na real, o Fernando é o cara mais empenhado possível. Cai da cama pra deixar o filho na creche e cola na praia independente de qualquer coisa. Não surfa porquê vai à praia para trabalhar e chega em casa só pra editar e cuidar das crianças sempre afirmando: “Não tem macete. É quebrar a cabeça, não parar e ter foco!”

Zero Dois Zoom se dedica a fotografia de surf com profissionalismo e paixão pelo que faz.

Parabéns Fernando! É muito importante pra gente ter você na Família Surfmappers. É muito irado acompanhar a jornada de alguém tão inspirador. Para conhecer mais o trabalho do Zero Dois Zoom veja na página dele do Surfmappers www.surfmappers.com/zerodoiszoom e no Instagram @zerodoiszoom

Previous Mochila de Fotógrafo de Surf
Next Conheça agora 7 tipos incríveis de fotografia de surfe

3 Comments

  1. 28 de outubro de 2018
    Responder

    Super interessante o relato desse nobre colega de trabalho. Venho quebrando a cabeça para criar uma logística favorável no meu estado. Temos praias alucinantes e em breve serei o Fotógrafo do mês. kkkkk
    Auto estima e perseverança!
    Parabéns pelo trabalho galera!!

  2. 30 de novembro de 2018
    Responder

    Concordo com o amigo Pedro Paulo, muito interessante o relato do colega.
    Com certeza o apoio da galera do surfmappers é fundamental para manter firme a perseverança…

    Parabéns á todos os envolvidos…!

    • 5 de dezembro de 2018
      Responder

      Bom demais ler um comentário desses! Nos enche de energia por aqui pra criar mais conteúdo relevante pra galera da fotografia de surf. Valeu! 🙂

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *