As modalidades de surf


Foto por: Felipe Azevedo

O importante é pegar ondas! Conheça as diversas modalidades de surf e suas principais características.

Quem fotografa ou frequenta o outside, ou mesmo quem observa as ondas em diferentes oportunidades, sabe que não são só as pranchinhas e pranchões que aparecem na praia e, dependendo das condições das ondas, outras modalidades de surf podem até predominar. Mas você conhece todos os esportes praticados nas ondas?

Trouxemos um resumo com a apresentação e as condições ideais para a prática das mais variadas modalidades de surf. Confira:

Bodysurf

modalidades de surf
Bodysurf por Arthur Meier

Surfar de peito é a forma mais pura e antiga de fluir com as ondas. No Brasil, apelidamos a modalidade carinhosamente de “jacaré”, mas quando o mar sobe, o bodysurf fica mais sério.

Com a ajuda de nadadeiras e às vezes de pequenas pranchas manuais (hand-planes) é possível percorrer boas distâncias nas ondas. O esporte é uma excelente preparação física, tanto para surfistas quanto para quem quer fotografar dentro d´água. Ideal para dias de ondas mais cheias e abrindo.

Alaia

Surfista usando uma alaia. Fonte: Google

Ainda entre as maneiras “ancestrais” de pegar ondas, as antigas alaias voltaram a aparecer nas praias brasileiras. Tábuas de madeira, finas e sem quilhas, as alaias parecem ser extremamente simples. E são mesmo.

Porém representam um dos maiores desafios técnicos que um surfista pode encontrar, e recompensam aqueles com o talento ou esforço suficiente com um surf extremamente veloz e uma sensibilidade única, já que é possível “sentir a prancha” com mais facilidade pisando sobre a madeira fina.

SUP – Stand-Up Surf

modalidades de surf
Surfista de SUP por Sun Flowers

Apesar de estar bastante na moda nos últimos anos, o Stand-Up surf também está entre as modalidades mais antigas, sendo parte do repertório dos antigos reis havaianos. Nesta modalidade, o surfista fica em pé e utiliza um remo para pegar as ondas.

O Brasil tem 3 campeões mundiais de Stand-Up Wave: Leco Salazar (2012), Nicole Pacelli (2013) e Caio Vaz (2015).

Em tempo: na verdade, os reis havaianos faziam SUP sobre pesadas alaias, sem quilhas, e utilizavam os remos como lemes. Complicado!

Longboard

modalidades de surf
Longboarder na Praia de Toninhas por Ronie Pasini

Ainda entre as modalidades mais antigas, o surf em pranchas grandes foi uma das primeiras modalidades a fazer a transição para os shapes mais modernos, passando da madeira para materiais sintéticos com maior flutuação.

Hoje os longboards são bastante comuns, muito usados pelos iniciantes mas também por surfistas mais experientes. Garantem a diversão em ondas pequenas e aumentam o desafio em ondas maiores ou tubulares.

O Brasil também tem seu bi-campeão mundial nesta modalidade, Phil Rajzman, que venceu em 2007 e 2016. Atualmente, nossa maior aposta é a atleta Chloé Calmon, que além dos títulos sul-americano e pan-americano na categoria sagrou-se vice-campeã do mundo em 2019.

Tandem surf

modalidades de surf
Tandem surf, o surf em grupo. Fonte: Google

O surf não precisa ser um esporte individual. É possível surfar em 2 ou até mais pessoas na mesma prancha, que logicamente precisa ser grande o suficiente. As manobras são diferentes e as competições costumam ocorrer em locais com ondas pequenas e longas, permitindo acrobacias criativas que encantam o público em geral.

Kneeboard Surf

modalidades de surf
Kneeboard surf. Fonte: Google

Nesta modalidade o surfista fica de joelhos sobre a prancha. Parecidas com as pranchinhas comuns (thrusters), estas pranchas são na verdade mais largas e com proteções para as pernas dos atletas. Apesar da posição limitar um pouco a movimentação do corpo, a modalidade permite um vasto repertório de manobras, incluindo tubos, batidas e rasgadas.

Kitesurf

modalidades de surf
Kite surf por Gabriel Gomes

Este esporte relativamente novo vem crescendo no Brasil e no mundo. Nos dias de ventos fortes, com uma pipa presa à cintura, os atletas são impulsionados pelo vento e podem atingir grande velocidade. As manobras são bastante expressivas, com saltos, transições e manobras de borda nas ondas.

Em geral, surfistas têm mais facilidade para aprender a velejar nas ondas, a intimidade com o ambiente e com o equilíbrio sobre uma prancha ajudam. O “perigo” é que alguns acabam se viciando no novo esporte e com o tempo vão deixando de lado a remada.

Windsurf

modalidades de surf
Windsurf radical. Fonte: Google

Antes dos kites, era o windsurf que dominava o line-up nos dias de ventos intensos. O esporte é praticado com uma prancha semelhante à prancha de surfe, com uma vela de 2 e 4 metros de altura.

Nas competições, manobras de borda e aéreas impressionam por sua amplitude, e é possível pegar ondas grandes com os equipamentos adequados. O esporte já foi mais popular, hoje em dia perdeu espaço para o kite-surf, mas continua contando com adeptos ilustres, como os havaianos Gerry Lopez e Kay Lenny.

Tow-In Surf

modalidades de surf
Tow-in surf. Fonte: Google

Quando o mar sobe pra valer e impede que os surfistas entrem na remada, a modalidade de surf rebocado entra em ação. Mundialmente famoso pela conquista das ondas gigantes de Jaws, no Havaí, ou Nazaré, em Portugal, o tow-in exige grande preparo físico, técnico e psicológico – tanto para quem surfa quanto para quem pilota o jet-ski.

No Brasil, é comum o treino em ondas médias, a partir de 5 pés. Antes de entrar com o jet-ski, certifique-se de que não há surfistas na remada naquele local.

Step-Off Surf

modalidades de surf
Step off surf. Fonte: Google

Quando o jet-ski é utilizado, mas o surfista prefere utilizar suas próprias pranchas, a solução é abrir mão do reboque e descer diretamente do assento do jet-ski para a parede das ondas. Dessa forma, é possível contar com a ajuda do motor para treinar em ondas grandes com equipamentos de remada.

Foilboard

Foilboard surf por Raphael Caco

A mais nova modalidade de surf entre todas as citadas, utiliza uma prancha com um hidrofólio, uma espécie de quilha grande, horizontal, que faz com que a prancha flutue acima da água, como se estivesse voando. Inicialmente desenvolvido para o surf de ondas grandes, acabou se popularizando para o uso em dias de ondas muito pequenas, já que o equipamento permite fluir com a ondulação, mesmo antes da onda quebrar.

Bodyboard

Bodyboard por Zero Dois Zoom

Uma das modalidades mais comuns e acessíveis de pegar ondas, o bodyboard é uma prancha de espuma própria para o surf deitado com nadadeiras. Encontramos os  bodyboarders em quase todos os tipos de ondas, mas principalmente em ondas rasas e tubulares. As principais manobras são os tubos profundos e as manobras no lip, como rolo e aéreos.

O Brasil tem tradição no esporte e uma extensa lista de campeões mundiais tanto no masculino quanto no feminino. O maior nome do bodyboard brasileiro é o carioca Guilherme Tâmega, hexacampeão mundial na modalidade.

Caiaque

Caiaque por Andrea Motta

Em caiaques adaptados para as ondas – mais leves, com pequenas quilhas e adaptações de segurança – os atletas utilizam os remos para entrarem nas ondas e também para realizarem curvas e manobras como rasgadas e batidas.

Skimboard

Skimboard. Fonte: Google

O nosso popular “Sonrisal” é originalmente um esporte de areia. Porém pequena prancha arredondada que desliza sem quilhas sobre a água na beirada é também utilizada para surfar ondas maiores, na beira ou não.

Neste caso, trata-se de um esporte bastante técnico, que se tornou bastante conhecido pelo trabalho do atleta Brad Domke e também por conta das imagens de The Wedge, onde um seleto grupo de malucos costuma aproveitar a formação do pico para pegar tubos largos.

Diversão é o que importa!

Independente da modalidade escolhida, as ondas são fonte de saúde física e mental, integração com a natureza e com as outras pessoas. Aprenda novas modalidades, incentive os praticantes e aproveite a diversidade de opções, pois o surf é para todos!

E o surf “seco”?

Apresentamos aqui as modalidades de surf dentro da água, que podem ser vistas nas ondas do mar, ou eventualmente em rios e piscinas de ondas. Existem também modalidades próximas ao surf praticadas fora da água.

modalidades de surf
Skate por Nicola Gallicchio

O skate, por exemplo, é o “filho pródigo” do surf. Criado por surfistas da Califórnia, o esporte cresceu e apareceu – hoje em dia tem também diversas modalidades, mais praticantes em todo mundo e influencia o surf com suas manobras aéreas e progressivas.

Além do skate, esportes de prancha como o Snowboard, o Sandboard e outros também guardam alguma relação com o esporte dos reis havaianos. Mas esse já é assunto para um próximo artigo!

E você que é fotógrafo, já pensou em registrar o surf? Caso esse texto tenha despertado seu interesse nessa área de atuação, fique por dentro de algumas dicas para iniciar na fotografia esportiva.

Previous Surf na Guarda do Embaú - Reserva Mundial de Surf
Next As 10 melhores fotos de surf de setembro

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *